WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento ao Ouvinte
Olá, tudo bem? Como podemos ajudar?

Blog

5 conselhos de Dom Bosco para a educação dos jovens

5 conselhos de Dom Bosco para a educação dos jovens.

 

No dia do Santo, Pai e Mestre da juventude, listamos alguns de seus ensinamentos

Isabella Almeida

Neste dia 31 de janeiro celebramos São João Bosco. O Santo, fundador da Família Salesiana, teve a vida marcada pela dedicação ao bem-estar da juventude. Suas práticas educacionais são um legado que se mantém atual ainda nos dias de hoje.

Dom Bosco, entre muitos outros feitos, foi um educador singular. Aproveitamos a data de sua Festa e o período de volta às aulas para listar alguns de seus conselhos, que podem contribuir para pais e educadores na educação dos jovens.

1. “A juventude é a porção mais delicada e preciosa da sociedade humana”

O jovem deve ser valorizado e respeitado. Família e escola precisam promover um ambiente propício ao seu desenvolvimento. Para isso, devem incentivar o protagonismo juvenil, dando espaço aos jovens para expressarem seus sentimentos e opiniões. À juventude é sempre depositada a esperança de mudança da sociedade, então, é necessário reconhecer sua preciosidade e estar ao seu lado ao longo de toda a jornada.

2. “Ganhai o coração dos jovens por meio do amor”

O amor está na base de qualquer relação. Seja entre educadores e alunos ou entre pais e filhos, é esse sentimento que deve nortear o convívio diário. Porém, é preciso compreender que o amor não é um sentimento passivo, que tudo permite. O verdadeiro amor é aquele é acompanha, orienta e estabelece limites.

3. “Os jovens não só devem ser amados, mas devem saber que são amados. A primeira felicidade de um menino é saber-se amado”.

O amor não é um objeto para ser guardado, ele deve ser expressado a todo momento, tanto com palavras como por atitudes. Dizer ao jovem que o ama, fazer elogios sinceros e estar presente em seu dia-a-dia são ações que tornam esse sentimento concreto. Quando se percebe amado, o jovem sente-se mais seguro e autoconfiante.

4. “Uma gota de compreensão num momento difícil vale mais do que um mar de favores”

Desde a infância, o jovem passa por diversas transformações. São fases de aprendizados e descobertas que muitas vezes ocorrem de forma turbulenta. Esses momentos são muito desafiadores para pais e educadores, que vivenciam situações em que têm dúvidas sobre como agir. Nesse contexto, o diálogo é fundamental. Aos olhos do jovem, àquele que compreende seus anseios, dúvidas e medos é alguém em quem confiar.

5. “Desejo ver os meus jovens correr e pular alegremente no recreio”

Assim como dedicar tempo aos estudos, os jovens precisam vivenciar momentos de lazer. Práticas esportivas, atividades culturais, passeios e brincadeiras são parte saudável da juventude. A escola e a família devem proporcionar esses momentos. O segredo está em promover um equilíbrio que permita ao jovem desfrutar da alegria típica dessa etapa da vida.

Que Dom Bosco abençoe a todos que diariamente exercem a missão de educar um jovem!

 

Fonte:http://vocacional.salesianos.br